Conexão ruim na academia

celular-na-academia

Exercícios e smartphones não combinam. Não mesmo. Estudo revela como usar o celular enquanto se pratica exercícios ameaça a saúde musculoesqueletal.

Leia mais:

Minha primeira corrida de rua – Guia fácil para você estrear com brilho
20 minutos para mudar a sua vida – Veja o LIT (Lucilia Intensive Training)

Não parece haver problema.

Pelo contrário.

Usar o smartphone na academia para postar fotos nas redes sociais parece incentivar a autoestima.

Mas o hábito cobra preço alto.

Já vimos como o celular na malhação sabota suas conquistas – veja aqui.

Agora, um novo estudo revela um risco a mais.

A pesquisa foi feita pelo Hiram College (Estados Unidos).

Nela, os cientistas observaram que o uso do celular afeta o equilíbrio, o que pode levar a lesões.

“Se você está falando ou digitando no celular enquanto está em atividade, sua atenção é dividida entre as duas tarefas”.

A explicação é de um dos autores, Dr. Michael Rebold.

Isso prejudica a estabilidade postural.

“E pode predispor os indivíduos a riscos inerentes maiores, tais como quedas e lesões musculoesqueléticas “.

Para chegar a esta conclusão, foram realizados testes com 45 voluntários.

Como resultado, mensagens de texto reduziram a estabilidade postural em 45%.

Apenas falar ao telefone comprometeu a mesma estabilidade em 19%.

O estudo foi publicado no periódico científico Computers in Human Behaviour.

Deixar o aparelho no armário?

Não precisa ser tão radical.

Ouvir música pelo smartphone não teve efeito significativo na estabilidade postural.

E pode motivar você a ir além.

Confira a a “playlist definitiva”, criada por neurologista holandês – clique aqui.

Tags: , , , , ,