A ciência do fim

a-ciencia-do-fim

Não é você, sou eu. Quer uma desculpa melhor? Estudo da Universidade Brigham Young revela a melhor maneira de romper um relacionamento, de acordo com a ciência.

Leia mais:

Alimentando amizades – Campanha estimula conversas entre estranhos
Mais leve até na conta – Restaurante dá desconto por crianças comportadas

O momento em que um relacionamento termina é sempre desconfortável.

Ainda mais quando acaba primeiro para você.

Um novo estudo sugere que, nestas horas, devemos oficializar o fim de uma vez.

A pesquisa foi feita pela Universidade Brigham Young (Estados Unidos).

Nela foi realizado um experimento com 145 voluntários.

Diante de cenários em que recebem uma série de más notícias, eles valorizaram características como objetividade e clareza.

Aparentemente, a melhor estratégia é evitar enrolar.

Mas é preciso ser assim tão direta?

Segundo um dos autores, iniciar um diálogo com a frase “precisamos conversar” já passa a ideia.

Para o professor Alan Manning, basta dizer isso e aguardar alguns segundos antes de prosseguir.

É nestes instantes que o receptor absorve a má notícia.

A pesquisa também revelou que preferimos as receber de uma vez também em outros assuntos.

Assim, quando precisar transmitir fatos mais duros, deixe de lado o rodeio.

“Se sua casa está pegando fogo, você só quer saber para fugir”, explica o professor.

A comparação entre uma casa em chamas e o fim de um romance parece um tanto trágica.

Mas estes são fatos da vida.

Assim como são os benefícios emocionais e até físicos de relacionamentos duradouros.

Para saber mais a respeito – clique aqui.

Tags: , , ,