Bagagem da idade

peso-extra-vem-com-a-idade

É comum acumular alguns quilos à medida em que envelhecemos. Mas um novo estudo pode ter uma explicação para este ganho de peso. E não tem nada a ver com falta de exercício ou escolhas alimentares ruins.

Leia mais:

Como viver mais – Vila na China ensina o segredo
Chama acesa – A inspiração dos competidores que não se rendem nunca

A cada aniversário, deixamos de ganhar tantos presentes.

Mas é certo contar com algum peso extra, que segue se acumulando ao longo dos anos.

O que pesa mais é a culpa.

Seja de pensar que escolhas alimentares melhores poderiam ter ajudado.

Ou que a frequência dos exercícios poderia ter evitado a bagagem extra da idade.

Um novo estudo pode ter identificado outra causa.

A pesquisa foi feita pelo Laboratório de Pesquisas da idade e Obesidade.

A instituição é ligada ao National Heart, Lung, and Blood Institute (Estados Unidos).

Os pesquisadores identificaram uma enzima que aumenta de atividade em animais à medida em que envelhecem.

Trata-se da enzima DNA-PK (do inglês “DNA-dependent protein kinase”).

Sua hiperatividade parece desempenhar um papel no ganho de peso e queda do rendimento físico.

Exatamente os efeitos intrínsecos do passar do tempo.

Para chegar a esta conclusão, foi realizado um experimento com ratos de laboratório.

As cobaias foram colocadas em uma dieta rica em gordura.

Como resultado, aquelas que tinham a enzima bloqueada ganharam menos peso que os ratos normais.

Incríveis 40% a menos.

“A sociedade atribui o ganho de peso e o sedentarismo à chegada da meia-idade”.

“Mais que ao estilo de vida ou à falta de vontade”.

A explicação é de um dos autores, Dr. Jay Chung.

“Mas mostramos que há um programa genético impulsionado por uma enzima hiperativa por trás destes prejuízos”.

Como o estudo foi feito em cobaias, não se sabe se o mecanismo teria o mesmo efeito em humanos.

Mas os resultados animam.

E podem levar ao desenvolvimento de medicamentos de perda de peso que estimulariam este bloqueio.

O estudo foi publicado no periódico científico Cell Metabolism.

Tags: , , ,