Aposentadoria afeta a longevidade

aposentadoria

O assunto está nas manchetes. E preocupa muita gente. Mas parar de trabalhar para aproveitar a vida pode ser uma contradição. Estudo revela vínculo entre aposentadoria precoce e óbito prematuro

Leia mais:

Chama acesa – A inspiração dos que não se rendem nunca
Elixir da juventude – Pílula pode parar o envelhecimento do cérebro

Quem se aposenta logo tem mais tempo para curtir a vida?

De acordo com a ciência, a lógica pode não ser essa.

Pessoas que se aposentam precocemente correm o risco de morrer mais cedo.

A comparação foi feita com quem segue trabalhando após os 65 anos.

O estudo foi feito pela Universidade de Cornell (Estados Unidos).

Ele analisou dados do censo e da previdência social americanos.

E encontrou clara correlação entre mortes e aposentadorias prematuras.

O risco é maior entre os homens.

Exatamente 20%, registrado entre aqueles que se retiraram aos 62 anos (três anos mais cedo).

A mesma correlação foi comprovada em trabalho anterior da Universidade do Oregon.

Nele, quem seguiu trabalhando após os 65 aumentou a longevidade em 11%.

Mesmo quem se aposentou por motivos de saúde e trabalhou um ano a mais revelou um risco de mortalidade 9% menor.

De modo geral, a aposentadoria antecipada pode ter um impacto imediato e negativo na saúde.

Este é o fato.

Mas não está claro porque isso acontece.

O estudo foi publicado no site do National Bureau of Economic Research.

Para ler mais conteúdos sobre longevidade – clique aqui.

Tags: , ,