A hora dos carboidratos

quando-carboidratos-sao-bem-vindos

Sob eterna vigilância, existe uma hora em que eles são mais que bem-vindos. Um novo estudo revela que comer carboidratos durante exercícios aumenta a saúde imunológica e leva a recuperação mais rápida.

Leia mais:

Arroz perde metade das calorias – Veja o truque que torna o prato (e você) mais leve
O melhor prato feito do Brasil – Arroz é a base de tudo

Os cientistas resolveram revisar estudos prévios sobre exercícios e imunidade.

E descobriram que, para evitar que o esforço enfraqueça a saúde, o melhor é consumir carboidratos durante o treino.

A pesquisa foi feita pela Universidade de Tecnologia de Queensland (Austrália).

“Existe um grande interesse no que os atletas podem fazer para recuperarem-se mais rápido dos exercícios”.

A declaração é de um dos autores, Dr. Jonathan Peake.

Exercício é uma forma de estresse e o exercício mais vigoroso cria mais estresse fisiológico.

Isso provoca alterações fisiológicas e bioquímicas no corpo.

E, em geral, quanto mais extenuante o exercício, mais tempo leva para o sistema imunológico voltar ao normal.

Para acelerar esta recuperação, a saída seria consumir carboidratos.

“Entre as estratégias nutricionais para combater a depressão imunológica durante a fase de recuperação, os carboidratos provaram ser os mais eficazes”.

Ingerir carboidratos durante o exercício vigoroso pode ajudar, porque mantêm os níveis de açúcar no sangue.

Isso significa reduzir a resposta do estresse do corpo.

O que por sua vez, modera qualquer mobilização indesejável do sistema imunológico.

“As pessoas muitas vezes apresentam menor contagem de células brancas após um treino”.

“Mas agora acreditamos que eles se deslocam para outras partes do corpo, ao invés de serem destruídas”.

O consumo de carboidratos antes e durante o exercício extenuante não só melhora o desempenho.

Mas também pode minimizar os distúrbios imunes relacionados ao exercício.

Mas não vá pensando que a regra vale para qualquer volta no quarteirão.

E que a malhação significa passe livre uma pizza por treino.

Estamos falando de atividades físicas que excedem 90 minutos de duração.

E entre 30 e 60 gramas de carboidratos a cada hora durante o exercício.

Se comer em movimento não é uma tarefa fácil, ela pode ser facilitada.

Exemplos de carboidratos que podem ser consumidos durante o exercício incluem fluidos, géis e barrinhas.

Alternativamente, as bananas também garantem um bom aporte.

O estudo foi publicado no periódico científico Journal of Applied Physiology.

Tags: , , , ,